Projeto “Um dia na escola do meu filho” acontece no próximo sábado (23)

Projeto “Um dia na escola do meu filho” acontece no próximo sábado (23)

A partir do próximo sábado (23), todas as 2,3 mil escolas da rede estadual na capital e interior do Programa Escola da Família estarão mobilizadas para abrir as portas para um grande encontro entre pais e mestres. A ação faz parte do projeto ‘Um dia na escola do meu filho’, criado pela Educação, e que desde 2011 promove atividades para aproximar famílias e unidades de ensino com o intuito de fortalecer o aprendizado dos alunos. Na reunião deste ano, o foco será a importância da leitura na formação de crianças e jovens da comunidade escolar.

A orientação é que, além de apresentar aos pais e responsáveis os ambientes onde seus filhos passam boa parte do dia, o encontro sirva também para traçar estratégias em prol do hábito da leitura. Um levantamento feito pela Educação mostra que os quadrinhos é o estilo literário preferido de 45% dos jovens da rede estadual, seguido por contos, mitos e lendas. A expectativa é estender esse gosto para toda a vizinhança escolar.

A programação é definida pelas escolas. Ao longo do sábado, algumas unidades também vão propor aos participantes que respondam questões sobre o entorno da escola e ajudem na composição de um grande baú de memória sobre os bairros. A ideia é relembrar os primeiros moradores, comércio, fachadas de casas e prédios, entre outras curiosidades. Depois de reunidas, as informações vão ajudar em futuros trabalhos da escola com a comunidade local.

“A colaboração entre pais e escolas é fundamental para fortalecer o aprendizado. Para incentivar essa união, além de encontros como o deste sábado, a Secretaria mantém canais que possibilitam a participação das famílias na rotina educativa. O boletim escolar, por exemplo, é entregue na versão impressa e pode ser consultado no Portal da Educação”, explica o secretário da Educação, professor Herman Voorwald.

Comunidade Leitora

Desde fevereiro, as Escolas da Família oferecem um extenso acervo de livros, jornais e revistas. Intitulado “Comunidade Leitora”, a campanha tem como meta espalhar o hábito de ler em todas as faixas etárias – de crianças a idosos. A ideia é ainda organizar rodas de contação de história, saraus, encontros com escritores, produção de textos, teatro e até exposição com clássicos da literatura infantil. Saiba mais aqui.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado de São Paulo