Projeto dá a alunos de baixa renda de SP bolsas em colégios particulares

Projeto dá a alunos de baixa renda de SP bolsas em colégios particulares

Os estudantes de baixa renda do estado de São Paulo tem até o dia 12 de junho para concorrer a 130 vagas em cursinhos e colégios particulares de excelência. Outras 70 vagas são destinadas ao Rio de Janeiro.

O projeto Ismart dá oportunidades a jovens do 7º e 9 anos com alto rendimento escolar, que tenham renda familiar de até R$ R$ 1.576 por pessoa (2 salários mínimos). As vagas em São Paulo são para instituições na capital, em São José dos Campos, Cotia e Sorocaba.

Os alunos do 7º ano selecionados participam do projeto Alicerce, um cursinho preparatório para o ensino médio, com dois anos de duração. As aulas ocorrem no contraturno da escola pública.

Já os estudantes do 9º ano aprovados no processo seletivo terão bolsa para cursar o ensino médio nas escolas particulares parceiras do Projeto Bolsa Talento. Na capital, participam  os colégios Arquidiocesano, Etapa, Lourenço Castanho, Móbile, Objetivo e Poliedro.

Os alunos selecionados em qualquer um dos projetos recebem bolsa de estudos integral, uniforme, material didático e ajuda de custo para transporte e alimentação.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site do projeto: www.ismart.org.br.

O processo seletivo tem cinco etapas: teste on-line, prova presencial, entrevista individual, visita ao domicílio e dinâmica de grupo. A inscrição pode ser feita pelo próprio candidato ou por um professor que deseje indicar seus alunos.

Criado em 1999, o  o Instituto Social para Motivar, Apoiar e Reconhecer Talentos (Ismart) é uma entidade privada, sem fins lucrativos.

Fonte: Portal G1