Plano Municipal de Educação, com 22 metas, é aprovado pelo Legislativo

Plano Municipal de Educação, com 22 metas, é aprovado pelo Legislativo

 O Plano Municipal de Educação foi aprovado pela Câmara Municipal de Campinas, em primeira e segunda discussões, na manhã desta terça-feira, dia 16 de fevereiro. O documento, com 22 metas, duas a mais do que as que foram propostas pelo Ministério da Educação, norteará as diretrizes da Educação na cidade nos próximos dez anos.

A lei que dá vigência ao Plano precisa ser sancionada pelo Executivo até o próximo dia 24 de junho. Se isso não acontecer, o município fica na iminência de perder verbas do Governo Federal que são destinadas à Educação para a construção de escolas, por exemplo. Para este ano, a dotação prevista é de R$ 17 milhões.

O Plano Municipal de Educação começou a ser discutido há dois anos, com a criação do Fórum Municipal de Educação, que conta com a participação de mais de 50 entidades da sociedade.

Para dar embasamento ao Plano, um diagnóstico da Educação campineira foi elaborado e, a partir deste documento, foram realizadas cinco pré-conferências e uma audiência pública na Câmara, com a presença da sociedade e de representantes de segmentos da Educação.

O Plano é válido para todas as esferas da Educação campineira, contemplando temas como: Educação Infantil, Ensinos Fundamental e Médio, Educação Especial, Educação de Jovens e Adultos, Profissionalizante e Superior.

 

Fonte: Prefeitura de Campinas