Novos caminhos para a aprendizagem

Novos caminhos para a aprendizagem

Evento internacional debate futuro da educação hoje e amanhã no Rio

Um ensino que valoriza a empatia, a paciência e a tolerância. Para a indiana Shukla Bose, essas são características essenciais para educar populações mais pobres. Criadora e líder da Fundação Humanitária Parikrma, Shukla é a primeira conferencista do encontro internacional Educação 360, que acontece hoje e amanhã na Escola Sesc de Ensino Médio, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio.

O evento é uma realização dos jornais O GLOBO e “Extra”, em parceria com Sesc, prefeitura do Rio e Fundação Getúlio Vargas (FGV), com apoio do Canal Futura.

Além de Shukla, o encontro terá conferências magnas do filósofo Pierre Levy, do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), José Francisco Soares, e do antropólogo Edgar Morin.

Casos do Brasil e do mundo

Com atividades das 9h30 às 20h, a programação do Educação 360 é composta também por mesas plenárias e sessões temáticas que irão provocar o debate sobre desafios e novos rumos para o ensino. Quarenta experiências bem-sucedidas no Brasil e no mundo serão apresentadas em forma de estudos de caso.

São iniciativas individuais ou de instituições que vêm fazendo a diferença no aprendizado, como a Escola Meninada do Sertão, no Ceará, que envolve estudantes com o patrimônio arqueológico do Cariri. Ou a de professores do Colégio de Aplicação João XXIII, em Juiz de Fora (MG), que criaram uma biblioteca virtual infantil e acabaram premiados pelo governo federal.

As mesas exporão diferentes aspectos do processo educativo. Hoje, o tema “Educação e sociedade” é discutido pelo pesquisador Brian Perkins, da Universidade de Columbia (EUA), Maria do Pilar, diretora da Fundação SM Brasil, e Mozart Neves Ramos, diretor do Instituto Ayrton Senna. Já a mesa “Grandes tendências para a transformação da educação” tem o neurocientista José Morais, o educador José Pacheco, a diretora do Instituto Inspirare, Anna Penido, e o professor Stavros Panagiotis Xanthopoylos, da FGV.

Um olhar mais voltado para a cultura local vai marcar, amanhã, a plenária “Educação de alma brasileira”. Estarão presentes nessa discussão o criador do Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento, Tião Rocha, a gerente-geral de Educação e Implementação da Fundação Roberto Marinho, Vilma Guimarães, e a filósofa Viviane Mosé. Também amanhã, o tema “Mídia e educação” estará no centro do debate com o jornalista Pedro Bial, o economista Gustavo Ioschpe, o professor Ismar de Oliveira Soares, da Universidade de São Paulo, e a diretora do Canal Futura, Lúcia Araújo.
O evento será transmitido ao vivo pelo site do GLOBO (oglobo.com.br). A programação completa está disponível em www.educacao360.com.

Fonte: O Globo Digital