Merendeiras da rede visitam cozinha profissional da chef Janaina Rueda

Merendeiras da rede visitam cozinha profissional da chef Janaina Rueda

Na manhã desta terça-feira (26), três merendeiras da rede estadual de ensino visitaram as cozinhas profissionais mantidas pela chef de cozinha Janaina Rueda, responsável pela reformulação do cardápio da alimentação escolar.

As servidoras da E.E. Maria José, primeira escola a receber o treinamento do projeto “Cozinheiros da Educação”, acompanharam a rotina dos restaurantes “A Casa do Porco” e “O Bar da Dona Onça”, na região central de São Paulo.

Durante a visita, sob as orientações da chef, as merendeiras aprenderam técnicas para o manuseio de facas profissionais, formas adequadas de cortar os alimentos e o famoso “mise en place”, termo em francês que denomina a etapa inicial para o preparo de qualquer prato, apontados por Janaina como as maiores dificuldades das merendeiras dentro da cozinha.

Para Ana Angélica Santana, que coordena a cozinha da unidade escolar há 10 anos, a experiência do treinamento tem sido muito satisfatória. “Muita coisa a gente sabe fazer, mas aqui aprendemos muita coisa nova”, conta.

Além das técnicas ensinadas pela chef, o objetivo da visita é também reconhecer o trabalho importante que as servidoras desenvolvem dentro das escolas. “Queremos mostrar para estas cozinheiras o quanto é nobre e o quanto é linda esta profissão”, disse a nutricionista da Educação e responsável pelo projeto, Giorgia Castilho Russo Tavares.

Esta ação é parte integrante da etapa de treinamento prático das cozinheiras, que tem início previsto para a próxima segunda-feira (1), em que serão preparadas as dez receitas elaboradas e já testadas por Janaina. “A minha expectativa é que todas as merendeiras se tornem grandes cozinheiras pela Educação. Acho que é essa a nossa missão”, ressalta a chef.

Sobre o projeto

O principal objetivo do projeto é agradar o paladar dos estudantes, sem esquecer das taxas nutricionais previstas na alimentação diária. Dessa forma, serão introduzidos dez novos pratos no cardápio da merenda escolar, cuja elaboração provém de alimentos frescos e nutritivos, que já estão disponíveis na despensa das unidades escolares, com todo o apoio e supervisão de nutricionistas da Educação.

A chef vai transmitir a mais de duas mil merendeiras da rede estadual de ensino técnicas de preparo e sugestão de temperos. A previsão é que os alunos tenham esse cardápio disponível nas escolas a partir do segundo semestre deste ano.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado de São Paulo