MEC cria bônus para diretor de escola pública

MEC cria bônus para diretor de escola pública

Diretores de escolas públicas de grande porte poderão fazer um curso de qualificação e, em troca, ter acesso a um bônus mensal pago pelo Ministério da Educação.

Esse é o modelo de um novo programa que o ministro Cid Gomes está formatando. O projeto será colocado em consulta pública nesta semana e ficará aberto a sugestões durante 15 dias.

A ideia é oferecer a esse público uma capacitação em temas como gestão administrativa e financeira, além da abordagem de questões pedagógicas. A participação do diretor será voluntária.

O pagamento do benefício ficará condicionado ao desempenho em avaliação aplicada ao fim do curso. O valor ainda não foi definido, mas possivelmente vai variar de acordo com a formação dos gestores: aquele que possui título de mestre, por exemplo, pode ter bônus maior.

Hoje, não há estatísticas oficiais sobre a formação dos diretores: o dado coletado no censo escolar é restrito aos que atuam em sala de aula. “O diretor é uma figura importante na escola: quem tem um diretor mais qualificado tem desempenho melhor”, disse Cid Gomes.

Em tempos de ajuste fiscal e orçamento limitado, o ministro afirma que o benefício terá pouco impacto nas contas da pasta. Inicialmente, o foco serão as escolas com mais de 500 matrículas.

De acordo com dados oficiais, do total de 118.916 escolas públicas de ensino fundamental, 14.728 (12,4%) têm esse perfil. Já no ensino médio, são 1.409 unidades, de um total de 3.730 (37,7%).

Fonte: Folha de São Paulo