Criadora do Provão de volta

Criadora do Provão de volta

Uma das poucas mulheres em cargos-chave do governo Temer, Maria Helena Guimarães de Castro foi recebida com festa pelos servidores mais antigos do Ministério da Educação, onde será secretária-executiva. Ela já ocupou o cargo no último ano da gestão de Paulo Renato, ex-ministro de Fernando Henrique Cardoso.

Mas foi em oito anos como presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep), também durante o governo tucano, que Maria Helena deixou sua marca, associada à criação e reformulação de avaliações educacionais. Ela é uma das criadoras do antigo Provão e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que só depois se tornou porta de entrada para universidades.

Professora aposentada da Universidade Estadual de Campinas, Maria Helena ainda é diretora da Fundação Estadual de Análise de Dados de São Paulo, de onde será exonerada. Ela foi indicada para o MEC pelo senador licenciado José Serra, agora ministro de Relações Exteriores. “Não sou professor, não sou acadêmico, mas sou bom gestor”, disse Mendonça para convencê-la a entrar na equipe e ajudá-lo.

Ligada a administrações tucanas, ela já esteve no primeiro escalão do governo Serra e Alckmin em São Paulo. Ela conta que foi filiada ao PSDB, mas desconfia que não consta mais dos quadros do partido por ter parado de renovar a inscrição há tempos.

Fonte: O Globo