Comitê Metropolitano de Educação Integral da RMC realiza eleições de novos membros dia 1º de março

Comitê Metropolitano de Educação Integral da RMC realiza eleições de novos membros dia 1º de março

O Comitê Metropolitano de Educação Integral da Região Metropolitana de Campinas (RMC) realizará reunião ordinária na terça-feira, dia 1º de março, das 9h às 11h30 no auditório do Centro de Formação, Tecnologia e Pesquisa Educacional Prof. Milton de Almeida Santos-Cefortepe (Rua João Alves dos Santos, nº 860, Jardim das Paineiras – Campinas/SP).

Na pauta da reunião está a eleição da nova Coordenação/Município Sede do Comitê Metropolitano de Educação Integral da RMC para o mandato 2016-2019 e a realização do I Seminário de Educação Integral da RMC e VI Seminário de Educação Integral do Estado de São Paulo, que acontece nos dias 13 e 14 de abril, no Teatro Municipal Sylvia de Alencar Matheus em Vinhedo/SP.

Devem participar da reunião os membros do Comitê, professores articuladores e gestores ou representantes das escolas participantes do Programa Mais Educação e membros das Diretorias de Ensino Leste e Oeste de Campinas.

O encontro terá a presença do coordenador do Comitê Territorial de Educação Integral do Estado de São Paulo, Prof. Anderson George de Assis, que irá acompanhar a eleição da nova coordenação e município sede do Comitê. A posse dos eleitos será feita durante a abertura do Seminário, que acontece na manhã do dia 13 de abril.

Comitê Metropolitano

De caráter consultivo, fiscalizador e mobilizador, o Comitê Metropolitano de Educação Integral da RMC foi criado por meio da Resolução SME 09/2012, de 28 de junho de 2012, e agrega hoje 12 municípios: Campinas, Capivari, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Santa Bárbara D’Oeste, Santo Antônio de Posse, Valinhos, Vinhedo, Sumaré e Campo Limpo Paulista (este último é membro como convidado especial, pelo fato de não fazer parte da RMC e nem da região administrativa de Campinas).

O colegiado surgiu quando Vinhedo, Hortolândia e Itatiba solicitaram participar do Comitê Municipal do Programa Mais Educação, que havia sido criado através da Resolução SME 18/2010, de 11 de novembro de 2010, que passou a ser referência para as cidades da região devido à visibilidade das ações desenvolvidas e efetiva atuação.

O objetivo principal do Comitê é a implementação da gestão colegiada em rede. Ao Comitê compete identificar e analisar as questões envolvendo operacionalização da Educação Integral e/ou do Programa Mais Educação nas Unidades Educacionais do Sistema Municipal de Educação de Campinas/SP e demais cidades da RMC participantes, assessorando a Coordenação Central do Programa e sendo um agente facilitador da interface entre o MEC/SECAD, a SME/Coordenação do Programa, as gestões educacionais e Conselhos de Escola, Entidades, OGs e ONGs parceiras e as comunidades.

O Comitê é formado por representantes do poder executivo municipal, professores articuladores dos municípios participantes, além de gestores, educadores sociais, alunos e pais de alunos das escolas que fazem parte do Programa Mais Educação, membros da Coordenação do Programa de Educação Integral/Mais Educação, representantes do Conselho Municipal de Educação dos municípios participantes, membros do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

As reuniões do grupo são mensais e o mandato dos membros do Comitê é de três anos.

Mais Educação

O programa Mais Educação tem como objetivo ampliar o tempo de permanência do aluno na escola e assim melhorar a qualidade de ensino. O programa é ligado ao Ministério da Educação e desde 2010 já apresenta resultados positivos e eficientes nas escolas em que é implantado.

As atividades do Mais Educação são variadas e definidas levando-se em conta a realidade dos alunos onde as escolas existem, envolvendo temas como educação, artes e esportes, como ginástica rítmica, vôlei, futsal, tecnologia da alfabetização, letramento em matemática, fanfarra, teatro e estudos do meio.

As ações do programa são cada vez mais ampliadas nas escolas, e algumas delas já abrem nos fins de semana, oferecendo as atividades aos alunos, que começam a se habituar a utilizar o espaço público também nos momentos de folga e como uma ferramenta de integração e socialização dentro da comunidade onde vivem.

Para comandar as ações realizadas pelo Mais Educação dentro das escolas, existe um articulador do programa em cada uma das unidades. Cada escola recebe a verba de acordo com critérios estabelecidos pelo Mais Educação, como por exemplo o número de alunos matriculados, de acordo com as atividades desenvolvidas. A verba é repassada às escolas anualmente.

Mais informações: (19) 32591496/32591495.