Campinas tem nova etapa da campanha contra o analfabetismo

Campinas tem nova etapa da campanha contra o analfabetismo

Em março terá início a nova etapa da Campanha de Erradicação do Analfabetismo em Campinas. A Secretaria Municipal de Educação, por meio da Fundação Municipal para a Educação Comunitária (Fumec), fará uma busca ativa de todas as pessoas, que moram na região Leste de Campinas, e que não são alfabetizadas ou apresentam baixa escolaridade.

Ao todo são 3.675 pessoas, com idade acima de 15 anos, de acordo com o Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado em 2010. Ainda segundo o levantamento, Campinas contava com 28,4 mil habitantes sem alfabetização ou com baixa escolaridade.

No início de 2014 a Prefeitura lançou a Campanha, visando erradicar o analfabetismo no município. A iniciativa entra agora em nova etapa. Após a conclusão do trabalho na região Leste de Campinas, a busca ativa será feita nas demais regiões.

No ato de lançamento da segunda etapa da Campanha, no dia 02 de fevereiro, a Fumec anunciou a abertura de dez novas salas de reforço para as disciplinas de Português e Matemática. Nesse caso, ela é destinada a qualquer pessoa, independente da escolaridade. “É inadmissível uma cidade como Campinas ainda ter pessoas sem escolaridade. Nós temos de cuidar disso”, afirmou na ocasião a Secretária Municipal de Educação, Solange Pelicer. O ato também contou com o prefeito Jonas Donizette, a diretora executiva da Fumec, Darci da Silva, e a coordenadora do Programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA), Marinalva Cuzin.

A Fumec conta hoje com 160 salas de aulas destinadas à Educação de Jovens e Adultos (EJA) espalhadas pela cidade, sendo que 51 delas foram abertas em 2014, durante a primeira edição da campanha. Na ocasião, foram feitas parcerias com empresas e igrejas, resultando na matrícula de 776 novos alunos. A Fumec tem em seus quadros 203 professores.