Campinas sedia debate sobre Base Nacional Comum Curricular

Campinas sedia debate sobre Base Nacional Comum Curricular

Pelo menos 250 profissionais das mais diferentes áreas da Educação, de várias partes do estado de São Paulo, se reuniram na última sexta-feira, 19 de fevereiro, para debater a Base Nacional Comum Curricular. Na prática, todas as escolas do país terão 60% de conteúdos semelhantes nas áreas de matemática, linguagem, ciências da natureza e humanas.

O encontro foi realizado pelo Ministério da Educação, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e a União Nacional dos Dirigentes de Educação (Undime). Durante todo o dia, os profissionais permaneceram na unidade 4, da Faculdade Anhanguera, no Jardim Morumbi, onde discutiram a questão e elaboraram as suas contribuições.

Em Campinas, os educadores da Rede Municipal de Ensino já estão trabalhando em cima do documento e encaminhando as suas contribuições para o Ministério da Educação. O prazo final para que a Base Nacional Comum Curricular se torne lei será em junho deste ano. Ele estará dividido por área de conhecimento, segmento de ensino e conterá componentes curriculares que serão comuns para todas as escolas do país.

Fonte: Prefeitura Municipal de Campinas