Campinas promove 2ª Oficina de Educação Ambiental neste sábado

Campinas promove 2ª Oficina de Educação Ambiental neste sábado

A Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável promove neste sábado, dia 25 de abril, a 2ª Oficina do Plano Municipal de Educação Ambiental. O evento acontece no Bosque dos Jequitibás, das 8h às 12h, no auditório do Museu de História Natural e é voltado ao público que atua com educação ambiental ou tenha interesse em trabalhar com o tema.

Para participar é recomendável fazer a inscrição antecipada no site da Secretaria no endereço http://campinas.sp.gov.br/governo/meio-ambiente/pmea.php. No entanto, se alguém aparecer no momento da oficina sem inscrição, poderá participar da mesma forma. Não é necessário pagar nenhuma taxa.

A oficina vai tratar da construção do programa que definirá os espaços educadores de Campinas, ou seja aqueles espaços que tenham potencial ou que sejam estruturados para o desenvolvimento de atividades de educação ambiental.

Os espaços educadores podem ser os mais diversos, de acesso público ou não. São locais como unidades escolares, centros de saúde, bases de policiamento, praças e jardins, museus, bibliotecas, centros culturais, etc, e que estejam estruturados e providos de equipamentos e pessoal para a implementação de ações continuadas. Alguns espaços potenciais são a Lagoa do Taquaral, o Bosque dos Jequitibás, o Parque das Águas e o Bosque dos Alemães.

Neste 2ª oficina, a expectativa é de mais de 50 participantes. A 1ª oficina, em abril, aconteceu na Estação Cultura e tratou do programa de Educomunicação – termo que trabalha a comunicação na educação ambiental. Cerca de 40 pessoas participaram. Estão previstos, ainda, mais dois eventos, nos dias 5 e 19 de maio, com os temas formação de educadores e monitoramento e avaliação da educação ambiental.

Os coordenadores das oficinas são pessoas que atuam na área de educação ambiental da própria Secretaria do Verde, da Secretaria de Educação e de outras secretarias municipais, da Fundação Mata Santa Genebra, além de profissionais da área acadêmica, de outras cidades inclusive, e de pessoas que são referência no País na área de educação ambiental.

Sobre o Plano

O Plano Municipal de Educação Ambiental, que integra o Indicadores de Metas do Governo (IMG), está previsto na Lei 14.961/2015 e estabelece a educação ambiental do município, seus princípios, de que forma deve ser trabalhada, sua capilaridade, flexibilidade, democracia, interdisciplinaridade etc.

O documento prevê a incorporação de ações de educação ambiental que implicam diretamente na melhoria da qualidade de vida do cidadão, na medida em que promove a formação de profissionais, a instrumentação de espaços para desenvolver as atividades, a efetivação da comunicação ambiental e estabelece como registrar as ações e efetivá-las. Tendo cumprido estes objetivos, o município estará de fato promovendo a sustentabilidade.

Este é o primeiro plano de educação ambiental de Campinas e representa um grande avanço na promoção da Política Municipal de Educação Ambiental. Está sendo construído pela Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Universidade Estadual de Campinas, a Fundação José Pedro de Oliveira e o Conselho Municipal de Meio Ambiente.

Fonte: Prefeitura Municipal de Campinas