Alunos criam máquina para apagar texto e reutilizar papel

Alunos criam máquina para apagar texto e reutilizar papel

Raquel Lopes

Já imaginou um equipamento que apaga tudo que você imprimiu em um papel e deixa a folha como nova para ser utilizada novamente? A desimpressora existe e será um dos projetos apresentados na 13ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo.

Segundo o professor de Tecnologia Educacional Jadson Prado Rafalski, um dos coordenadores do projeto, a desimpressora foi criada com o objetivo de minimizar os danos ao meio ambiente causado pela produção de papéis.

Os alunos da Escola Municipal Deputado Mikeil Chequer, em Boa Vista II, Vila Velha, mostram a desimpressora, um dos projetos apresentados na 13ª Semana de Ciência e Tecnologia. O robô foi criado com o objetivo de minimizar os danos ao meio ambiente causado pela produção de papéis. Trata-se de um protótipo que simula como o produto irá funcionar

“Ainda não é um produto patenteado. Trata-se de um protótipo que simula como ela vai funcionar. É construído com lego. Estamos levando a proposta que prevê, através de um reagente químico, a retirada da impressão da folha, que servirá para reúso”, explicou.

O projeto foi criado no laboratório de robótica da Escola Municipal Deputado Mikeil Chequer, em Boa Vista II, Vila Velha, por cinco alunos. Ele é um dos 60 projetos desenvolvidos por mais 300 alunos na V Feira Estadual de Ciências e Engenharia (Fecieng-ES).

Semana

A feira é uma das programações da 13ª Semana Estadual de Ciência e Tecnologia, coordenada pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti). Haverá também outras atividades, como palestras, cursos, minicursos, exposição e conferências.

O objetivo do evento é promover a Ciência e a Tecnologia no Espírito Santo, mobilizando diversas áreas e também para estimular os jovens a contribuir com soluções criativas e inovadoras para as mais variadas questões socioambientais.

Segundo a secretária de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Camila Dalla Brandão, a expectativa é que o evento atraia cerca de 80 mil pessoas em 12 cidades do Estado.

“Precisamos mostrar que a Ciência faz parte do dia a dia. Há vários tipos de Ciência e ela é a base de tudo. Se não existir uma base científica, não conseguimos desenvolver nada”, afirma.

A abertura oficial do evento acontece hoje, às 10 horas, no Salão São Tiago, no Palácio Anchieta, no Centro de Vitória.

A semana acontece até o dia 23 de outubro, mas algumas atividades do evento serão estendidas até o dia 30 de novembro.

Feira vai acontecer em 12 municípios

Neste ano, a Semana Estadual de Ciência e Tecnologia chega com um formato diferente e contempla 12 municípios do Estado. Fazem parte do circuito: Vitória, Vila Velha, Cariacica, Serra, Alegre, São Mateus, Piúma, Divino São Lourenço, Cachoeiro de Itapemirim, Venda Nova do Imigrante, Domingos Martins e Água Doce do Norte.

Segundo a secretária Camila Dalla Bandão, o objetivo é descentralizar o evento para a popularização da Ciência em todo o Espírito Santo.

“É preciso mostrar que a Ciência está presente em qualquer lugar. É preciso dar a oportunidade para que as pessoas que estão no interior também participem do evento”, diz.

“A partir do momento que o aluno consegue apresentar um projeto na escola dele, os pais e os amigos também passam a entender um pouco melhor sobre o assunto”, acrescenta a secretária.

Outra novidade deste ano é o formato da V Feira Estadual de Ciências e Engenharia (Fecieng-ES), que faz parte da programação. Ao todo, 60 expositores irão divulgar suas experiências em vídeos que estarão disponíveis na internet.

O objetivo é que mais pessoas tenham acesso ao que os alunos dos ensinos fundamental e médio estão criando. “A ideia é levar a Ciência para todas as pessoas e não trazer as pessoas para ver a Ciência”, afirma a secretária.

Participe!

13ª Semana de Ciência e Tecnologia

O evento acontece até o próximo dia 23, mas algumas atividades serão estendidas até o dia 30 de novembro. O evento é gratuito.

Cidades contempladas

Mudança

Serão 12 cidades contempladas: Vitória, Vila Velha, Cariacica, Serra, Alegre, São Mateus, Piúma, Divino São Lourenço, Cachoeiro de Itapemirim, Venda Nova do Imigrante, Domingos Martins e Água Doce do Norte.

Programação

Site

A programação de cada cidade está no site: www.semanact.es.gov.br

Fonte: A Gazeta