Games podem melhorar o funcionamento do seu cérebro?

Games podem melhorar o funcionamento do seu cérebro?

Segundo pesquisas recentes, jogar certos games pode reforçar o núcleo cognitivo do cérebro, ajudando a tomar decisões mais rápidas, a pensar de forma mais fluida e a evitar distrações prejudiciais. Mas essa opinião não é unanimidade entre os pesquisadores.

Embora a prática leve à perfeição, qualquer melhoria é limitada ao seu alcance. Por exemplo, praticar piano não faz de você um melhor jogador de basquete, mas pode te ajudar a aprender outros instrumentos. Jogar basquete traz benefícios cardiovasculares que melhoram o desempenho não só na quadra, mas também na piscina. Ou seja, o avanço musical é restrito ao campo musical e o avanço esportivo é restrito ao campo esportivo.

Da mesma forma, games podem ajudar determinados processos cognitivos que trazem benefícios para além do jogo. Mas devemos tomar cuidado ao afirmar que jogar melhora integralmente nossos cérebros. O tema é polêmico na comunidade científica, algumas pesquisas relatam que videogames são benéficos para o cérebro e outras dizem dizem o contrário.

Alguns experimentos revelam que as pessoas podem, sim, aumentar a velocidade da tomada de decisões através de videogames. Apesar dos jogadores serem mais rápidos em decisões do que os não jogadores isso também tem um preço: a precisão. Por um lado lentidão e precisão, de outro velocidade e incerteza. É difícil estudar conjuntamente velocidade e precisão. Por isso existem tantos resultados diferentes.

Existem muitas formas de melhorar suas habilidades cognitivas. Apesar dos benefícios potenciais em um game, muitas outras atividades como o exercício físico, sono adequado e socialização também podem melhorar sua capacidade cerebral. Como sempre, a recomendação sensata é a moderação. Aproveite o seu jogo, mas não em detrimento de outras atividades saudáveis.

Fonte: Galileu