8ª Semana da Educação de Campinas começa a ser planejada com foco em caminhos possíveis para uma educação com mais qualidade

8ª Semana da Educação de Campinas começa a ser planejada com foco em caminhos possíveis para uma educação com mais qualidade

Ingrid Vogl

Pensando em uma série de eventos que apresentem iniciativas que apontem para caminhos e possibilidades em busca de uma educação com mais qualidade, a 8ª Semana da Educação de Campinas começa a ser articulada pela equipe do Departamento de Educação da Fundação FEAC.

Este ano, a Semana da Educação acontecerá de 28 de setembro a 4 de outubro e terá como tema “Possíveis caminhos, soluções possíveis”. Para que se alcance um maior número de pessoas impactadas, a equipe de profissionais da FEAC está elaborando atividades que vão além de palestras, painéis e oficinas, mas que também contemplam outras formas de linguagens como arte e cultura para abordar o tema educação.

Por isso, estão sendo planejados ciclos de mini palestras, não só da área de educação, mas sobre assuntos relacionados à área educacional. Festival, intervenções urbanas, oficinas, conferências, estão entre as ações em planejamento.

Segundo Cláudia Chebabi, gerente do Departamento de Educação da FEAC, os eventos estão sendo pensados de maneira a atrair um público maior. “Temos a expectativa de levar pessoas interessadas nos assuntos relacionados à educação para que tenham acesso a esse tipo de informação: saber sobre as novidades, tendências e possíveis caminhos a serem trilhados para conquistar cada vez mais uma educação de qualidade”, explicou.

Outro ponto importante da elaboração da programação da 8ª Semana da Educação é a manutenção de parceiros que já participaram de outras edições e a busca de novos. De acordo com Cláudia, todos os envolvidos participam da Semana ou como apoiador, cedendo espaços para a realização das ações ou oferecendo algum tipo de serviço. Outra forma de participação é apresentando iniciativas que têm como objetivo oferecer um caminho ou solução na área educacional.

“Considerando o quão complexo é o sistema de educação e levando-se em conta que muitas instituições estão de fato atuando e buscando soluções, nossa proposta é que a Semana seja um espaço para que se apresentem iniciativas inspiradoras”. Sesc, Câmara Municipal de Campinas, Fundação Educar DPaschoal, Secretarias Municipais de Educação e de Cultura de Campinas, Diretorias Regionais de Ensino Leste e Oeste, Ecobrinquedoteca, Unicamp, Boomera e Iguatemi Campinas são algumas das parcerias  já confirmadas para realização da 8ª Semana da Educação de Campinas.

Para Cristiane Annunciatto Stefanelli, coordenadora da Fundação Educar, participar da construção coletiva da Semana da Educação é importante, já que a temática vem ao encontro da missão da Fundação Educar. “Colocar a educação em debate com atores fundamentais para alcançarmos a qualidade é necessário e muito significativo para a cidade e, a Semana, é mais uma oportunidade para reflexão”, avaliou.

Programação

Ainda em construção, a proposta da agenda da 8ª Semana da Educação de Campinas terá início na noite do dia 28 de setembro, com um jantar, seguido de palestra, destinado a representantes dos três poderes, especialistas e influenciadores ligados à área educacional.

O dia 29 de setembro ainda está em planejamento e no sábado, dia 30 de setembro, a programação deve contar com um festival aberto à população, que deve reunir práticas inovadoras no campo educacional formal e não formal, além de apresentações artísticas.

A manhã de domingo, dia 1º de outubro, será reservada para uma intervenção urbana na Lagoa do Taquaral, ainda em fase de planejamento. A Tenda Literária da Fundação Educar participará desta ação aberta ao público.
A noite do dia 2 de outubro está reservada a uma palestra magna no Teatro Iguatemi, localizado no 3º piso do Iguatemi Campinas, com palestrante ainda a ser definido.

A manhã do dia 3 de outubro deve ser reservada para uma oficina no Parque Portugal em que materiais recicláveis são transformados em brinquedos didáticos. Na tarde do mesmo dia, o Salão Vermelho da Prefeitura Municipal de Campinas está reservado para uma palestra sobre resolução de conflitos, que será destinada a profissionais das redes municipal e estadual de ensino de Campinas.

No último dia da Semana da Educação, 4 de outubro, está prevista a palestra “A escola como centro da cidadania”, com o educador português José Pacheco, evento da Fundação Educar que integrará a Semana da Educação. À tarde a Ecobrinquedoteca deve realizar mais um evento no Instituto Biológico, que fica no Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim, e uma atividade de encerramento ainda está sendo planejada para o período noturno.

Segundo Cláudia Chebabi, a Semana da Educação está sendo pensada de maneira a tornar mais acessível os eventos para toda a população, inclusive com atividades sendo realizadas no sábado e domingo.

Outra novidade da Semana da Educação de 2017 é a realização de um encontro com representantes do poder público que se dará no jantar de abertura da Semana com o intuito de chamar a atenção para a importância do investimento na educação.

“O que se pretende é discutir o quanto investir em educação é investir de fato em uma sociedade mais justa, com acesso garantido das pessoas a um desenvolvimento social e econômico. Quando pensamos no desenvolvimento de um município e um país, uma educação de qualidade é essencial nesse processo”, analisou Cláudia Chebabi.

A programação está em processo de construção, podendo haver alterações a qualquer momento.

Saiba mais sobre a Semana da Educação de Campinas: http://semanadaeducacao.org.br/